Desenvolvimento da doença periodontal

Aparecimento e evolução da doença periodontal

A doença periodontal é provocada por certas bactérias que existem no meio oral. É uma doença infecciosa, contagiosa, e cuja evolução leva à perda dos dentes.

Os restos de alimentos que não são eficazmente removidos através da escovagem e uso de fio dentário têm grande concentração de bactérias que formam a placa bacteriana. A placa bacteriana ou biofilme tende a calcificar-se ao fim de alguns dias, formando o cálculo ou tártaro, que passa a ser muito difícil de remover com os métodos de higiene que usamos em casa.

A presença contínua destas colónias de bactérias junto à gengiva, principalmente nos espaços entre os dentes e “por baixo” da gengiva, provoca uma resposta de defesa do organismo, que se manifesta através de inflamação. Nesta fase, a gengiva pode apresentar uma cor avermelhada com um aspecto inchado e pode sangrar facilmente quando se toca com a escova. É a chamada gengivite – a fase mais ligeira da doença periodontal.

1 - tecidos saudáveis 2 - Gengivite 3 - Periodontite moderada 4 - Periodontite avançada
1 – tecidos saudáveis
2 – Gengivite
3 – Periodontite moderada
4 – Periodontite avançada

Quando a gengivite não é tratada, ao fim de algum tempo, esta resposta inflamatória contra a “invasão” das bactérias leva à destruição progressiva dos tecidos de suporte dos dentes – ligamento periodontal, osso e gengiva. Quando existe essa destruição dos tecidos estamos perante uma periodontite, que pode ter graus de severidade diferentes, mas implica já uma perda irreversível de estruturas naturais importantes para a saúde dentária.

Marque já sua consulta com um especialista.

Mais informação AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *