Odontopediatria – Medicina Dentária Infantil

A Odontopediatria é a área da Medicina Dentária que cuida da saúde oral dos mais pequenos, desde o bebé até ao adolescente. Esta é uma das especialidades reconhecidas pela American Dental Association. Tem como principais objetivos a prevenção, o diagnóstico e o tratamento precoces para a manutenção da dentição. A criança não é um adulto em ponto pequeno, por isso torna-se crucial o acompanhamento por parte de um profissional de Odontopediatria.

A primeira consulta

 

De acordo com as Academias Europeia e Americana de Odontopediatria, é recomendado que a primeira consulta no dentista seja realizada aquando do aparecimento do primeiro dente, ou então, no 1º ano de vida do bebé.

É importante a criança reconhecer desde cedo como funciona a consulta de medicina dentária e estabelecer um bom relacionamento com o odontopediatra. Com isto, as crianças tornam-se mais receptivas nas visitas ao dentista, diminuindo o medo e o receio. Além disso, se o acompanhamento for realizado desde pequenos, podemos detectar alguns problemas de forma precoce, mas também implementar desde logo bons hábitos de higiene e alimentação. Tendo a prevenção um lugar de destaque na consulta, os tratamentos passarão por coisas mais simples e, por isso, mais bem recebidos pelos “mini-pacientes”.

A verdade é que se a primeira experiência no dentista for em contexto de urgência, a criança vai acabar por associar a experiência do consultório à dor.

Nesta primeira consulta será avaliada a saúde oral da criança, bem como os diversos fatores que a influenciam. Serão analisados:

• os hábitos alimentares, nomeadamente a frequência de ingestão de alimentos açucarados;
• a rotina de higiene oral;
• alguns hábitos nocivos observados em crianças mais pequenas, como o uso de chupeta e de biberão;
• o perfil, relação dos maxilares e as posições dentárias para que se possa corrigir antecipadamente, se for o caso.

Nesse sentido serão dadas orientações importantes aos cuidadores para que possam desde cedo melhorar os aspetos necessários.

 

Uma excelente saúde oral num adulto começa numa boa prevenção e atuação em criança.